segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Praias da Costa: Mais Areia para os nossos Impostos?


Sou um utilizador regular das praias de São João da Caparica, quando fico por Lisboa aos fins de semana no Verão, e este ano vejo que mais uma vez que se vai andar a "encher" as praias com areia, tal como foi realizado no ano passado.

A minha preocupação prende-se em saber se este ano se aprendeu com os erros do ano passado. Isto é, o ano passado a decisão de enchimento das praias com areia foi feita e serviu para o ano passado, pois mais de metade da areia colocada no ano passado foi-se no Inverno! Basta ver como estão as praias.

Ora, deixo aqui várias questões/preocupações (assumo desconhecimento detalhado do processo):
- Será que já foram feitos estudos sobre o funcionamento das marés e qual a forma de minimizar o impacto que estas têm nos areais da Costa da Caparica?
- Será que a realizar-se este processo do INAG para enchimento das praias não se vai demasiado tarde para o usufruto dos banhistas neste ano? P.e., o enchimento da praia de S. João é em Outubro;
- Esta alimentação artificial tem um custo de 5.880 milhões de €uros. Quanto será para o próximo ano?
- Será esta o último ano com trabalhos deste género?
- Não existirá uma forma alternativa de melhoria dos pontões da Costa da Caparica que não implique a necessidade destes enchimentos?

Não sou entendido na matéria, mas custa-me ver que se deita dinheiro à rua (não sei se é este o caso).
Todos nós temos de ser cada vez mais exigentes na forma como o Estado gasta o nosso dinheiro, pois se somos assim connosco, também temos de ser com quem nos gere o dinheiro dos nossos impostos e o País.

Sem comentários: