quinta-feira, 17 de julho de 2008

Nuclear: Talvez, Obrigado


Esta é uma matéria que confesso não ter opinião definida.

Para mim, o mais importante é que se discuta.

Naturalmente que os lobbies procurarão influenciar ao máximo os seus interesses e pontos de vista.

A discussão deve ser feita sem problemas, mas que se faça com civismo, racionalidade e sem problemas dogmáticos como a discussão dos anos 80.

Há como em tudo, situações a favor e contra.

A questão de que o Nuclear é perigoso, é um facto, mas também é um facto que a poucos kms da nossa fronteira existem Centrais Nucleares, pelo que dizer que em Portugal não, porque é perigoso, quanto a mim só por isso é fraco. É uma espécie de discurso de "eu não quero o caixote do lixo na minha rua, mas se for a na rua do vizinho já não faz mal".

Mas, também é verdade que em Portugal os ventos, as marés e o sol são elementos abundantes em Portugal e que potenciam a utilização dessas Energias Renováveis.

Que se faça a discussão!

Sem comentários: